Rede espiou computadores de 103 países, incluindo Portugal

29 03 2009

virusUma rede de espionagem electrónica acedeu ilegalmente a quase 1.300 computadores de 103 países, incluindo Portugal, concluiu um estudo levado a cabo por investigadores do Information Warfare Monitor (IWM), uma organização canadiana.

A rede, que operava essencialmente a partir da China, infiltrou-se, principalmente, em computadores de Ministérios dos Negócios Estrangeiros, embaixadas e de entidades ou personalidades associadas ao Dalai Lama, líder espiritual dos tibetanos. O IWM, que estudou a rede ao longo de 10 meses, refere, contudo, que não conseguiu determinar se a rede era operada com conhecimento do Governo chinês.

O estudo foi desencadeado após um pedido do gabinete do Dalai Lama, que pretendia saber se os computadores de figuras de destaque da causa tibetana estavam a ser alvo de infiltrações.

O IWM determinou que ente os computadores alvo de infiltração contam-se ministérios de países como o Bangladesh, Barbados, Brunei, Butão, Filipinas, Indonésia, Irão e Letónia. Entre os alvos incluíam-se ainda embaixadas de Portugal, Alemanha, Chipre, Coreia do Sul, Índia, Indonésia, Malta, Paquistão, Roménia, Tailândia e Taiwan.

Texto retirado do Diário Digital

Embora no artigo na BBC não falem em que sistemas foram comprometidos tendo em conta que foram detectados vários Malwares tudo leva a crer que os sistemas infectados sejam os do nosso irmão da Microsoft, também conhecidos pelo elo mais fraco.

Anúncios




Vou ser curto e directo: se queres navegar, usa Linux!

2 02 2009

virusUma interessante entrevista feita a Matt Knox, um talentoso programador e autor de enormes quantidades de adware, onde ele conta como foi a sua vida a trabalhar na Direct Revenue a contaminar milhões de computadores.

Ele explica também pormenorizadamente como fazia para contaminar os inseguros Windows como o XP, começando pelas falhas do Internet Explorer e acabando em engenhosos truques no registo.
Respondendo à pergunta de como os utilizadores se poderiam proteger do adware, ele respondeu:

“Um, run UNIX.
We did actually get the ad client working under Wine on Linux.”

Ou seja, funciona em Linux mas sob o Wine, o que de certa maneira até é um elogio a este excelente programa de emulação de programas win32. Meus caros leitores, para evitarem as pragas de adware, trojans e afins, não vos adianta instalarem bons antivírus e outro bons programas de protecção do Windows, porque com o Windows por baixo vocês estarão sempre f… fornicados! Usem Linux, *BSD ou outro sistema operativo não Windows e aí sim, estarão seguros.

Ler artigo no Tux Vermelho