Cumplicidade do Conselho da União Europeia e da Gartner nos truques baixos da microsoft

18 05 2009

trustComeça assim a informação no blog do http://ovigia.wordpress.com.


Apesar de já ter alguns dias aqui fica a info no blog, até porque pelos nossos lados não tenho encontrado informação sobre o caso.
Tive conhecimento da situação através do Slashdot, site dos EUA.

Segundo o /. bem como o site do MPE «Membro do Parlamento Europeu» que levantou esta questão, Marco Cappato e ainda uma breve descrição neste blog em inglês, o Conselho da UEuropeia em conluio com a Gartner, uma empresa de consultadoria, mais uma vez beneficiaram a empresa monopolista microsoft em detrimento dos seus concorrentes nomeadamente das empresas de Software Livre.

Ler a entrada completa
Esta entrada contém muita informação útil, algumada qual que tenho tentado actualizar por este tasco também na secção Curtas e grossas sobre a Microsoft, mas os temas são tantos e as irregularidades por parte desta empresa são tantas que não tenho o tempo suficiente para pesquisar e publicar ainda que o dia tivesse 72H.

Anúncios




Brasil poupa 123 milhões de euros com software livre

6 04 2009

Notícia integralmente copiada do tek

O Governo brasileiro poupou 370 milhões de reais (cerca de 123,8 milhões de euros) recorrendo a aplicações de software livre, segundo valores apurados pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), vinculado ao Ministério da Fazenda brasileiro.

A utilização de licenças de código aberto para sistemas operativos, browsers, programas de correio electrónico e outras aplicações permitiu economizar o correspondente ao dobro dos investimentos feitos no desenvolvimento dos programas da declaração do imposto de renda ou o equivalente a cerca de um quarto do orçamento anual do Serpro, considerado o maior serviço de processamento de dados da América do Sul.

O cálculo das poupanças não tem em consideração os possíveis gastos com a manutenção dos programas, os totais poupados com o uso de programas feitos sob medida e a dispensa de aquisição de licenças para novas redes.

Depois da adopção do software livre por parte do Governo brasileiro, 40 por cento dos organismos estatais já está equipado com sistemas de código aberto.

No próximo dia 15 de Abril está prevista a disponibilização aos órgãos públicos, empresas e utilizadores particulares, por parte do Serpro, de uma nova plataforma de desenvolvimento denominada de Demoiselle, em homenagem a Santos Dumont, que, em 1907, deixou livre a patente do avião homónimo que projectou em França.





Mais um estudo que demonstra que as patentes não estimulam a investigação

17 03 2009

tux-campus

Mais um estudo a comprovar que o actual sistema de patentes está a necessitar de uma grande reformulação.

A noticia vem do blog “o Vigia”

Um estudo levado a cabo por uma equipa internacional e dirigido pelo professor Peter Bossaerts do Lausanne’s Federal Institute of Technology, chegou à conclusão que uma economia de mercado onde os inventores/criadores compram e vendem porções de elementos chave das suas descobertas bate o sistema de patentes actualmente em vigor, especialmente no número de empresas/pessoas beneficiadas, níveis de colaboração e velocidade de desenvolvimento.

Fonte & texto: O Vigia